Brasil

Dois apoiadores de Bolsonaro são denunciados pelo MP após protesto contra ministro do STF

Pelo menos dois apoiadores do presidente Jair Bolsonaro foram denunciados pelo Ministério Público de São Paulo. A denúncia é referente ao protesto feito ao prédio onde mora o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Alexandre de Moraes. Os responsáveis pela algazarra serão enquadrados por ameaça, difamação, injúria e perturbação do sossego. A promotora Alexandra Milaré […]

Vinícius Costa Publicado em 11/05/2020, às 16h46

Reprodução
Reprodução - Reprodução

Pelo menos dois apoiadores do presidente Jair Bolsonaro foram denunciados pelo Ministério Público de São Paulo. A denúncia é referente ao protesto feito ao prédio onde mora o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Alexandre de Moraes. Os responsáveis pela algazarra serão enquadrados por ameaça, difamação, injúria e perturbação do sossego.

A promotora Alexandra Milaré Santos entendeu que as penas podem ser agravadas pelo motivo do protesto ter sido diretamente contra um funcionário público e na razão de várias pessoas. No agravo da denúncia, a promotora enfatizou que o ato ocorreu durante uma ‘calamidade pública’, já que o país está sofrendo com a pandemia do novo coronavírus.

Para formalizar a denúncia, Alexandra destacou, segundo a Revista Fórum, que os apoiadores realizaram ameaças contra o ministro, inclusive dizendo que “você e sua família jamais poderão sair nas ruas deste país, nem daqui há vinte anos”, além de simbolizar a morte de Alexandre de Moraes com um caixão em um de seus carros.

Jornal Midiamax