Datafolha: Rejeição ao governo Bolsonaro alcance índice recorde e chega a 43%

Aprovação à atual gestão permaneceu estável em seus 33%

A avaliação dos brasileiros em relação ao governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) alcançou índice recorde, subindo de 38% para 43%. Este é o maior número desde o início de seu governo, conforme apontou a pesquisa divulgada nesta quinta-feira (29) pelo Datafolha. A comparação segue sendo no mesmo período em abril.

A aprovação à gestão do presidente, na comparação ao mês passado, não sofreu alteração e permaneceu em 33%. Já quem avalia que o governo esteja regular, passou de 26% para 22% nesse período. Os que preferiram não opinar, desceram aos 2% em relação aos 3% na pesquisa anterior.

O governo é mais reprovado entre homens do que mulheres. Entre os jovens de 16 a 24 anos, cerca de49% reprovam a gestão atual e o índice cai para 40% na faixa de 35 a 44 anos. Entre os mais velhos, de 60 anos ou mais, a rejeição alcança 43%.

Para os brasileiros com menor grau de escolaridade, 36% avaliam a gestão de Bolsonaro como ruim ou péssimo, rejeição que alcança 43% entre quem possui escolaridade média. Já quem estudou até o ensino superior, a reprovação sobe para 56%.

Durante a pesquisa realizada, o Datafolha entrevistou 2069 brasileiros adultos e que possuem telefone celular em todas as regiões e estados do país. A coleta dos dados aconteceu nos dias 25 e 26 de maio e a margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Datafolha: Rejeição ao governo Bolsonaro alcance índice recorde e chega a 43%
Mais notícias