Chefe de gabinete de Ciro Nogueira é nomeado como presidente do FNDE

Centrão está negociando cargos em troca de apoio ao presidente Jair Bolsonaro

Marcelo Lopes da Ponte foi nomeado nesta segunda-feira (1º) como presidente do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), conforme publicação no DOU (Diário Oficial da União). Marcelo era chefe de gabinete do senador da República, Ciro Nogueira (-PI). O fundo tem orçamento de R$ 54 bilhões.

Nogueira é presidente do , um dos partidos do que passou a negociar cargos com o presidente da República, (sem partido), em troca de apoio no Congresso, conforme informações do jornal O Globo.

O senador é réu no (Supremo Tribunal Federal) por organização criminosa e foi denunciado recentemente por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no âmbito da Lava-Jato. A denúncia ainda não foi analisada.

O também indicou uma pessoa para assumir a diretoria-geral do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas e o PSD para a presidência da (Fundação Nacional da Saúde).

Bolsonaro admitiu na semana passada estar entregando cargos para indicados do e afirmou que as conversas com os partidos passam por possíveis alianças na eleição de 2022.

Chefe de gabinete de Ciro Nogueira é nomeado como presidente do FNDE
Mais notícias