Bolsonaro repete que o que está havendo é a destruição de empregos no Brasil

O presidente Jair Bolsonaro voltou a dizer que “está havendo a destruição de empregos no Brasil” por causa das políticas de isolamento social para conter a disseminação do novo coronavírus e defendeu o abrandamento da quarentena. “Chuva está aí e nós vamos nos molhar”, afirmou o presidente. “Mesmo assim, alguns vão morrer afogados”.

Em entrevista ao programa Brasil Urgente, o presidente disse que cogita enviar ao Congresso Nacional uma proposta para reduzir o isolamento nos Estados brasileiros. Segundo Bolsonaro, diante das notícias de que a proposta poderia sofrer impedimentos e ações judiciais, o Executivo cogita “transformar em projeto de lei e mandar para o Parlamento decidir”.

Segundo disse Bolsonaro: “Temos que nos preocupar (com óbitos pela doença)”. Mas completou que “não adianta ficar dentro de casa reclamando”. De acordo com Bolsonaro, “quem tem abaixo de 40 anos não tem que se preocupar” com a doença.

Bolsonaro repete que o que está havendo é a destruição de empregos no Brasil
Mais notícias