Bolsonaro pede retratação pública para perdoar ministro da Saúde

Desentendimento teria ocorrido após Pazuello negociar compra de vacina produzida na China

Uma retratação pública, foi esse o pedido imposto pelo presidente ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, para que ele fosse perdoado por ter negociado a compra da Coronavac – contra o .

Conforme publicado na coluna de Bela Megale, no jornal O Globo, Pazuello terá que se retratar publicamente sobre o caso, para que o presidente o perdoe.

O desentendimento ocorreu após o ministro negociar com o governador João Doria a compra da produzida por uma empresa chinesa em parceria com o instituto Butantan, segundo publicado no portal iG.

Após estabelecer o acordo, a pasta anunciou que teria voltado atrás na decisão. A informação foi repassada em uma coletiva de imprensa, pelo secretário-executivo do , Elcio Franco.

Ministro e presidente chegaram a gravar um vídeo juntos, onde Pazuello disse: “um manda e o outro obedece. Mas a gente carinho, dá para desenrolar”.

Tentando amenizar a situação, Bolsonaro falou: “Falaram até que a gente estava brigado. No meio militar, é comum acontecer isso aqui, não teve problema nenhum”.

Bolsonaro pede retratação pública para perdoar ministro da Saúde
Mais notícias