Augusto Heleno chama Flávio Dino de ‘alienado’ e ‘sonso’ no Twitter e apaga post

Chefe do Gabinete de Segurança Institucional ataca governador do Maranhão

O chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, criticou, na manhã deste domingo (5), a atuação de governadores durante a pandemia do coronavírus. Em uma publicação na sua conta oficial do Twitter, Heleno atacou diretamente o governador do Maranhão, Flávio Dino.

“Flávio Dino, Governador do Maranhão, creditou ao Presidente Bolsonaro os 300 óbitos do Covid 21. Sempre acreditei, pelo passado histórico, que comunistas são seres alienados, sonsos, insensíveis e insensatos. Atitudes como essa confirmam esse perfil”, escreveu Heleno.

Após cerca de duas horas após a publicação, o comentário foi apagado da conta do ministro.

Augusto Heleno chama Flávio Dino de 'alienado' e 'sonso' no Twitter e apaga post
Mais notícias