ANP aprova edital da chamada pública de contratação de capacidade do Gasbol

Compra de capacidade do Gasoduto Bolívia-Brasil (Gasbol) havia sido interrompida em outubro

A  Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) aprovou na quinta-feira, 19, o edital referente à compra de capacidade do Gasoduto Bolívia-Brasil (Gasbol), interrompida em outubro a pedido do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Os detalhes ainda serão publicados no site da ANP, informa o despacho publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira, mas reabre um processo que visa a abrir de fato o mercado de gás natural no País.

De acordo com o documento, assinado pelo diretor-geral substituto da ANP, José Cesário Cecchi, a retomada do edital foi possível após a assinatura do Termo de Compromisso entre a Petrobras, a ANP e a TBG, operadora do Gasbol, em dezembro do ano passado, e depois que a Petrobras abriu mão de parte da compra do gás da Bolívia, no último dia 6 de março, quando reduziu de 30 para 20 milhões de metros cúbicos diários a sua compra pelo Gasbol.

ANP aprova edital da chamada pública de contratação de capacidade do Gasbol
Mais notícias