Advogados são mortos a tiros em escritório de advocacia em Goiânia

Dois advogados foram mortos a tiros na tarde desta quarta-feira (28). Segundo a , as vítimas são Frank Alessandro Carvalhaes de Assis e Marcus Aprigio Chaves. Eles foram baleados em um escritório de advocacia, no Setor Aeroporto, em . As informações são do Diário de .

De acordo com apuração preliminar, um suspeito invadiu o escritório e disparou contra as vítimas.

Marcus Aprigio, um dos mortos, é filho do desembargador Leobino Chaves, do Tribunal de Justiça de (TJ-GO).

A sessão da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção (OAB-GO) que define a lista sêxtupla do Quinto Constitucional de Advocacia precisou ser suspensa por 15 minutos após a notícia da morte de Assis e Aprigio. Um dos nomes da lista será indicado pelo Tribunal de Justiça de e o governador Ronaldo Caiado para o cargo de desembargador.

Advogados são mortos a tiros em escritório de advocacia em Goiânia
Mais notícias