Introdução à edição de vídeo e montagem é tema de oficina do Festival Mais Cultura

UFMS

Teve início nesta tarde, dia 21, a oficina de Introdução de vídeo e montagem no Festival Mais Cultura. A atividade é destinada a estudantes e interessados na área de audiovisual que querem aprender e discutir as etapas teóricas e práticas de montagem e edição. Além disso, a oficina tem duração de três dias e é desenvolvida por Caio Polesi, que atua desde 2004, como editor, diretor, animador e finalizador de trabalhos em diferentes formatos e gêneros da produção audiovisual. Dentre a lista de trabalhos audiovisuais de Polesi estão os documentários “O trem passou e a gente ficou” e “Virados: o poder centrípeto da criação”.

Caio Polesi explicou que a oficina tem o objetivo de trabalhar a parte de edição, mas busca também entender as linguagens audiovisuais que se desenvolvem na etapa de montagem. “O objetivo da oficina então é a gente fazer uma introdução à operação de programas de edição de vídeo, não só operar os programas, mas alguns conceitos básicos e desafios que surgem em meio ao fluxo de edição, o passo a passo para você fazer uma edição de um vídeo. No caso imagens de média-metragem de ficção que também intercalam nos momentos de documentário. Então os participantes vão ter a oportunidade de explorar vários tipos de formato audiovisual nesses três dias de oficina”, explicou.

Além disso, o profissional ressalta a importância das pessoas saberem e aprenderem sobre os programas de edição, visto que eles estão presentes no cotidiano da sociedade. “Eu acho que no mundo de hoje é fundamental as pessoas terem noção de mexerem em um programa de edição, porque é a linguagem básica de comunicação, basicamente a alfabetização do século vinte e um”, comentou.

Durante a oficina os participantes serão instruídos a utilizarem o software Adobe Premiere e irão aplicar conceitos aprendidos em exercícios práticos.

Mais notícias