BNDES: É possível pagar R$ 200 bi para Tesouro até o fim do atual governo

O presidente do BNDES, Gustavo Montezano, afirmou nesta quarta que é possível pagar R$ 200 bilhões ao Tesouro até o fim do mandato do presidente Jair Bolsonaro, que termina em 2022. Só em 2019 serão devolvidos R$ 126 bilhões, disse Montezano, que participa do Bradesco CEO Forum, em Nova York.

Segundo a assessoria de imprensa do banco, a instituição já pagou R$ 4,9 bilhões de dividendos ao governo até setembro. Na terça, foram pagos mais R$ 4,6 bilhões.

O presidente do BNDES afirmou também, no evento, que o saneamento é uma área “muito importante” para o banco. Disse ainda que a venda de portfólio de ações da instituição vai fortalecer o mercado de capitais.

Mais notícias