Publicidade

Avianca tem todas as suas operações suspensas pela Anac no Brasil

Com voos que estavam previstos cancelados, empresa deverá fazer o reembolso ou a acomodação dos passageiros

A empresa aérea Avianca teve todas as suas operações suspensas pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) nesta sexta-feira (24). A medida suspendeu todos os voos que a empresa havia programado “até que ela comprove capacidade operacional para manter as operações com segurança”.

“A decisão foi tomada com base em informações prestadas à área responsável por segurança operacional da Agência. Aos passageiros com voos para os próximos dias, a Anac recomenda que entrem em contato com a empresa e não se desloquem para o aeroporto até que novas informações sejam divulgadas. A Avianca segue obrigada a cumprir integralmente a legislação que prevê oferta de opções como reembolso e reacomodação”, dizia trecho de nota divulgada pela Anac.

Justiça

A Avianca passa por um processo de recuperação judicial. A empresa aérea tem cancelado voos e em abril devolveu aeronaves em cumprimento a decisões judiciais, atendendo pedido de empresas de leasing.

Já no dia 14 de maio, a empresa apresentou ao TST (Tribunal Superior do Trabalho) uma ação cautelar de dissídio coletivo contra greve do Sindicato Nacional dos Aeronautas, que começou no dia 17 deste mês.

Na ação, a Avianca afirmou que o sindicato divulgou, no site, informativo denominado “Manual da Greve”, em que solicita aos aeronautas empregados da empresa que façam paralisação total dos serviços, por tempo indeterminado, exceto decolagens com órgãos para transplantes ou enfermos a bordo.

Dois dias depois de entrar em greve, entretanto, os trabalhadores suspenderam a greve temporariamente. Eles disseram que paralisaram as atividades porque estão com salários e benefícios atrasados.

Mais notícias