Gasolina chega a ser vendida a R$ 8,99 no Recife

Com o preço do litro da gasolina chegou a ser vendido a R$ 8,99 nesta quarta-feira (23) no Recife após o abastecimento dos postos de combustíveis ser afetado devido ao terceiro dia de protestos dos caminhoneiros contra o aumento do preço do diesel. Alguns postos na Região Metropolitana fecharam por falta de combustíveis para revenda. (Veja vídeo acima)

A mobilização dos caminhoneiros, que ocorre desde segunda (21), é nacional. Nos postos que continuam abertos na capital e no Grande Recife, motoristas formaram filas para abastecer que invadiram faixas de ruas e avenidas, complicando o trânsito.

O Porto de Suape teve a operação comprometida e o número de viagens realizadas pelos ônibus na Região Metropolitana foi reduzido em 8% desde a manhã desta quarta. Os caminhoneiros realizam protestos em diversas rodovias do estado.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR-101, no Grande Recife, há dois pontos de manifestações na noite desta quarta: um no quilômetro 83, em Jaboatão dos Guararapes; outro no quilômetro 50, em Abreu e Lima. No Cabo de Santo Agostinho, houve bloqueio na via, encerrado às 15h50. À tarde, em Jaboatão, houve manifestação no quilômetro 16 da BR-232, mas o ato foi encerrado às 16h30.

A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), a Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e a Universidade de Pernambuco (UPE) suspenderam as aulas e o expediente administrativo a partir da noite desta quarta (23) até o meio-dia da quinta (24).

Preços abusivos

Em um posto localizado no bairro do Pina, na Zona Sul do Recife, o litro da gasolina passou a ser vendido a R$ 8,99 durante a tarde desta quarta. À noite, o estabelecimento foi interditado pelo Programa de Orientação e Proteção ao Consumidor (Procon-PE) e recebeu uma multa no valor de R$ 500 mil, além de ter que ficar 72 horas sem funcionar.

Outros três postos na capital pernambucana também foram autuados por preços abusivos. Dois deles, localizados na Avenida Norte, no bairro de Santo Amaro, no Centro da cidade, tinham preços a R$ 5,59 e R$ 4,99. O outro estabelecimento fica em Boa Viagem, na Zona Sul, onde a gasolina estava sendo vendida a R$ 4,89. Na segunda (21), o preço do combustível, no mesmo estabelecimento, era de R$ 4,39.

Na Avenida Getúlio Vargas, em Olinda, houve postos que fecharam por causa da falta de combustíveis e outros em que a gasolina, o álcool e o diesel acabaram.

 

G1PE

Mais notícias