Morador ‘leva’ casa inteira na traseira da caminhonete e foto viraliza

Costume é comum na cidade de Boca do Acre

Seria bom se a gente pudesse levar a casa inteira quando se mudasse, não é? No município de Boca do Acre, no interior do Amazonas, isso é bastante comum, aliás. Uma foto de um morador fazendo a tal da “mudança sem sair de casa”, inclusive, bombou nas redes sociais.

Na foto, uma caminhonete transporta uma casa de madeira inteira. Segundo o bocacrense Jorbison Rodrigues, locutor em uma rádio do município de pouco mais de 30 mil habitantes, “essa prática aqui é rotineira”.

“A casa de madeira transportada por caminhão fica bem mais barato, ao invés de desmanchar e construir novamente”,  explica Jorbison. Segundo o bocacrense, os habitantes do município pagam cerca de R$ 1000 pelo frete para tirar a casa de um lugar e levar para o outro.Morador 'leva' casa inteira na traseira da caminhonete e foto viraliza

Mas porque esse “costume” em Boca do Acre? Tudo começou em 1997, quando o município sofreu uma grande enchente e ficou submerso, devido às cheias dos rios Acre e Parus, que ficam às margens da cidade.

As enchentes ainda trouxeram deslizamentos e derrubaram casas de palafitas. A partir de então, o cidadão bocacrense achou mais fácil fazer casas que fossem fáceis de tirar de um lugar e levar para outro, ao invés de arcar com mudanças caras.

“A maioria das casas aqui são de madeira”, explica Jorbison. Ele diz que os habitantes do município costumam ficar em suas casas na época da enchente. Grande parte da população vive em áreas próximas aos locais de enchente dos rios.

 

Morador 'leva' casa inteira na traseira da caminhonete e foto viraliza
Mais notícias