Le Blog Maria Antonia

Dr. Wu Lien-teh, o primeiro herói a recomendar máscaras para enfrentar uma pandemia

Médico nascido na Malásia, pai da saúde pública chinesa, salvou a população da peste pneumônica de 1911 com algumas das mesmas medidas que hoje servem para combater a covid-19. Implantou hospitais especiais para pacientes infectados, estações de quarentena, bloqueios para controlar os movimentos da população e dos transportes, e equipes de patrulha para revisar todos […]

Maria Antonia Naegele Publicado em 12/03/2021, às 08h17

None

Médico nascido na Malásia, pai da saúde pública chinesa, salvou a população da peste pneumônica de 1911 com algumas das mesmas medidas que hoje servem para combater a covid-19.

Dr. Wu Lien-teh, o primeiro herói a recomendar máscaras para enfrentar uma pandemia
Foto : Reprodução

Implantou hospitais especiais para pacientes infectados, estações de quarentena, bloqueios para controlar os movimentos da população e dos transportes, e equipes de patrulha para revisar todos os lares em busca de novos casos.
Entretanto, sua ideia mais revolucionária foi desenhar e fabricar uma máscara cirúrgica especial à base de algodão e gaze, à qual acrescentou várias camadas de tecido para filtrar as inalações, um um produto que aconselhou toda a população a usar para evitar os contágios. Por fim, propôs que os caixões e cadáveres ainda insepultos fossem cremados de forma maciça, um ato estritamente proibido pela lei e que equivalia a um sacrilégio segundo a tradição popular.

Essas medidas reduziram imediatamente o número de mortos pela epidemia.

Não à toa, é para ele a homenagem feita nesta quarta-feira(10) pelo Google em um doodle.

Dr. Wu Lien-teh, o primeiro herói a recomendar máscaras para enfrentar uma pandemia
Foto : Reprodução

Jornal Midiamax