Le Blog Maria Antonia

China proíbe uso de animais na indústria cosmética

O governo chinês aprovou uma legislação na indústria de cosméticos, colocando fim nos testes em animais. Por lei, o país exigia que todos os produtos fabricados e vendidos fossem testados em animais antes de ser comercializados, porém, até 2020 nove métodos que não envolvem testes em animais deverão entrar em vigor. Esta lei representa um […]

Maria Antonia Naegele Publicado em 29/03/2021, às 09h40

None

O governo chinês aprovou uma legislação na indústria de cosméticos, colocando fim nos testes em animais. Por lei, o país exigia que todos os produtos fabricados e vendidos fossem testados em animais antes de ser comercializados, porém, até 2020 nove métodos que não envolvem testes em animais deverão entrar em vigor.

Esta lei representa um enorme avanço, sobretudo em um país com histórico de crueldade em relação aos animais. Dentro da União Europeia, por exemplo, ainda existem diversas empresas que testam seus produtos em animais para poder exportar à China, já que até então não comprava nenhum produto que não fosse testado em animais.

Para muitas marcas, abrir mão do mercado chinês é impensável: afinal de contas, ele é avaliado em US$ 33 bilhões. Sendo assim, mesmo que elas não testem em animais em seus laboratórios próprios, elas acabavam se dobrando às políticas de importação da China.

A decisão da China vem na cola do posicionamento da Austrália no começo deste ano.

China proíbe uso de animais na indústria cosmética
Foto : Reprodução
China proíbe uso de animais na indústria cosmética
Foto : Reprodução
Jornal Midiamax