Coluna travada: O que fazer?

Muitos adultos já apresentaram um quadro típico de coluna travada: a dor nas costas chegando a ser insuportável e grande limitação de movimento.

Nessas situações, o que fazer? E o que pode causar essa situação?

Causas De Coluna Travada

A coluna pode ficar travada por uma série de fatores, dentre os mais comuns estão:

  • Má postura prolongada;
  • Trauma na região;
  • Hérnia de disco;
  • Falta de fortalecimento da musculatura das costas e abdômen.

Sintomas

Normalmente, o sintoma mais comum é a de dor na região lombar, bem na divida com os glúteos, logo acima.

Mas outros sintomas podem estar presentes:

  • Sensação de queimação ou choque;
  • Pontadas na região lombar;
  • Limitação de movimento, com grande dificuldade de ficar de pé;
  • Irradiação da dor para posterior de coxa ou glúteos.

Prevenção

Para evitar passar pela situação de acordar ou estar com a coluna doendo, travada devido à incapacidade de movimentação normal, por os músculos da região estarem todos tensionados e doloridos, algumas ações preventivas são importantes.

1 – Cuidado Com A Postura Ao Trabalhar

Muitas pessoas não reparam que tem uma postura péssima quando se sentam para trabalhar na frente do computador.

Não mantém os pés no chão, cruzam as pernas, se inclinam e ficam inclinados em direção à tela, dentre outras posturas absolutamente erradas no ambiente do trabalho.

Algumas mulheres usam saltos altos durante o dia todo, o que faz com que o alinhamento da coluna fique diferente.

Outras pessoas que trabalham com notebook ficam “corcundas”, inclinando-se em direção ao equipamento.

Todas essas posturas, se mantidas por muito tempo, contribuem consideravelmente para que a musculatura da região da coluna fique tensionada, contraída, por um longo tempo.

Portanto, cuidado com a postura ao trabalhar.

Foto: Banco de imagens

2 – Não Incline A Cabeça Para Olhar O Celular

Muitas pessoas, ao olhar o celular, ao invés de levantarem o aparelho, inclinam a cabeça para baixo e assim ficam, por considerável tempo. Essa postura acaba forçando a região cervical, o que contribui para que haja dores na região.

Portanto, quando for olhar o celular, levante o aparelho na altura dos olhos, sem forçar a cervical, mantendo o pescoço ereto.

3 – Mantenha-se Dentro do Peso

A obesidade é um dos grandes problemas da humanidade no mundo atual.

Quando o indivíduo não se mantém dentro do seu peso ideal, a coluna também sofre, não só por carregar o peso extra, mas porque geralmente pessoas obesas têm maior inflamação, o que pode acarretar problemas na coluna.

4 – Tenha Uma Vida Ativa

Pessoas sedentárias estão mais propensas a terem problemas na coluna. O sedentarismo prejudica a coluna, uma vez que causa enfraquecimento muscular.

Musculatura da coluna que não é fortalecida pode gerar grandes dores na região lombar. Portanto, pratique uma atividade física regularmente.

Alguns exercícios podem ajudar a aliviar a coluna travada. (foto: banco de imagens)

5 – Trate Da Depressão

Há estudos que mostram que pessoas depressivas costumam apresentar maior número de problemas da coluna, sobretudo nível de dor.

Isso é sabido porque a dor é subjetiva, ou seja, o tanto que algo dói pra um não será o mesmo e nem no mesmo grau que para outro.

Portanto, há pessoas que convivem bem com alguns desvios da coluna, como escoliose e não sentem dor alguma, ou também que convivem com hérnias de disco sem sentir muitas dores. Já outras apresentam quadros de dor graves, muitas vezes debilitantes e até incompatíveis com as lesões apresentadas.

A depressão piora os quadros de dor e deve ser tratada como doença, justamente para que o indivíduo consiga superá-la.

Tratamento Para Coluna Travada

Para alguém que está com a coluna travada, o ideal é conseguir melhorar o quadro de dor agudo. Portanto, durante a crise, repouso parcial e aplicação de compressas térmicas (quente, para relaxar a musculatura) é fundamental.

O uso de medicação analgésica e anti-inflamatória, sempre prescrita por um profissional da área da saúde, ajuda na melhora do quadro imediato da dor. Após melhora do quadro de dor aguda, é importante que o paciente invista em fisioterapia e exercícios físicos para fortalecimento muscular, justamente para que novas crises não retornem.

Na coluna travada, o acompanhamento médico, remédios, exercícios físicos e principalmente a fisioterapia são fundamentais (foto: banco de imagens)

Lembre-se que o repouso deve ser relativo e é importante a movimentação, para não haver atrofia da musculatura. Invista em atividades relaxantes mas que movimentam e alongam a musculatura, como Yoga, Pilates, natação e hidroginástica.

Faça exercícios de alongamento, supervisionados e orientados por um profissional, para que a musculatura se recupere e minimize a chance de ter outra crise de coluna travada.

O ITC Vertebral possui os melhores e mais gabaritados profissionais, dedicados ao tratamento de patologias e dores na coluna.