Infiltração do joelho com ácido hialurônico: qual o real benefício?

A infiltração do joelho com ácido hialurônico é motivo de controversa entre médicos especialistas em joelho, convênios médicos e pacientes. Indicado para o tratamento de lesões da cartilagem articular, muitas vezes coloca-se uma esperança sobre o ácido hialurônico de algo que ele não é capaz de fazer: nenhuma medicação disponível no mercado atualmente se mostrou eficaz no sentido de recuperar uma lesão de cartilagem já estabelecida. Por outro lado, ao melhorar o ambiente intra-articular do joelho, o ácido hialurônico é capaz de levar a uma melhora da dor, dando condições para que o paciente realize um trabalho de fortalecimento e reequilíbrio muscular de forma mais eficaz. Com isso, é de se esperar uma melhora a médio e longo prazo na dor proveniente da artrose e das lesões da cartilagem articular.

Buscaremos aqui elucidar questões importantes, como:

  • O que é o ácido hialurônico?
  • Quando a infiltração é indicada?
  • Qual o efeito esperado?
  • Como é realizada a infiltração?

 

O que é o ácido hialurônico?

O ácido hialurônico é o principal componente do líquido sinovial, presente normalmente dentro do joelho. O líquido sinovial tem a função de lubrificar as articulações, permitindo seu movimento suave e indolor, além de contribuir para a nutrição das células da cartilagem.

As propriedades viscoelásticas do líquido sinovial têm relação direta com o alto teor de ácido hialurônico em sua composição. Pacientes com artrose ou outros processos inflamatórios da articulação produzem o líquido sinovial com menor concentração de e pior qualidade do ácido hialurônico, prejudicando suas propriedades viscoelásticas.

 

Quando a infiltração com ácido hialurônico é indicada?

A infiltração com ácido hialurônico é indicado para pacientes com artrose leve a moderada do joelho, em pacientes com lesões da cartilagem articular ou condromalácia patelar, sempre como terapia auxiliar a outras formas de tratamento, como a fisioterapia e os exercícios físicos em geral.

Pacientes com processo inflamatório mais exacerbado ou artrose avançada não respondem bem às infiltrações com ácido hialurônico. Para estes quadros, a infiltração com corticoides tende a ser uma melhor opção.

 

O que esperar com a infiltração de ácido hialurônico?

Após a aplicação, os pacientes podem apresentar alguma melhora imediata nos sintomas, mas o efeito máximo ocorre entre 5 e 12 semanas e, depois, mantém-se em menor grau por até um ano. Este efeito não é unifirme, de forma que existem pessoas que respondem melhor à infiltração com ácido hialurônico do que outras.

 

Quais os efeitos do ácido hialurônico no joelho?

Entre os potenciais benefícios da viscossuplementação, devemos considerar:

  • Efeito lubrificante: O ácido hialurônico melhora a retenção de água, gerando um efeito viscoelástico e protegendo as articulações contra as forças de impacto;
  • Anti-inflamatório: O ácido hialurônico reduz a ativação de células inflamatórias e leva à melhora da inflamação e da dor;
  • Proteção da cartilagem articular: O ácido hialurônico inibe a ação de enzimas que degradam a cartilagem;
  • Nutritivo: O ácido hialurônico regula a troca de nutrientes entre o líquido sinovial e as células da cartilagem (condrócitos);

 

Como é feita a aplicação do ácido hialurônico?

O procedimento é realizado no consultório, sob condições estéreis (assepsia e antissepsia). Alguns produtos são feitos para aplicações seriadas (de 3 a 5 aplicações), embora estudos tenham demonstrado que eles não apresentam vantagens em relação aos utilizados em aplicação única.

Após a infiltração, o paciente pode manter suas atividades rotineiras normalmente. Mas, é bom aguardar de 48h a 72 para realizar atividades físicas que demandem os membros inferiores. Pode haver algum desconforto local, que deve ser contornado com a utilização de gelo no local.

direitos trabalhistasMeio AmbienteNutriçãoSupermercado