Com agravamento da pandemia, CNJ suspende inspeção no Tribunal de Justiça do Estado

Corregedoria Nacional de Justiça suspendeu inspeções no primeiro semestre do ano, em função do agravamento da pandemia de covid-19 no País.

Jones Mário Publicado em 02/03/2021, às 16h59 - Atualizado às 17h00

Central de Processamento Eletrônico do TJMS (Foto: Divulgação/TJMS) - Central de Processamento Eletrônico do TJMS (Foto: Divulgação/TJMS)
Vistoria estava prevista para ser realizada entre os dias 3 e 7 de maio

A Corregedoria Nacional de Justiça suspendeu as inspeções ordinárias programadas para o primeiro semestre do ano, em função do agravamento da pandemia de covid-19 no País. A medida adia a vistoria ao TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), antes prevista para ser realizada entre os dias 3 e 7 de maio.

A suspensão da Corregedoria do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) também atinge as inspeções previstas nos tribunais de Distrito Federal, Espírito Santo, Maranhão, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Roraima. O órgão deve decidir novas datas posteriormente.

A medida da Corregedoria Nacional de Justiça levou em conta o cenário da pandemia em diversos estados. No caso do Distrito Federal, onde funciona a sede do CNJ, o governo decretou lockdown na semana passada.

A inspeção do CNJ é rotineira. A vistoria pretende verificar o funcionamento dos setores administrativos e judiciais de tribunais de todo o País.

Há dois anos, o CNJ classificou as instalações do Tribunal de Justiça do Estado como “extremamente adequadas e organizadas”.

TJMS Mato Grosso do Sul CNJ Espírito Santo Pernambuco Roraima maranhão Rio Grande do Norte Distrito Federal lockdown Covid-19 Pandemia