Justiça multa candidato à reeleição em Amambai por propaganda eleitoral em obras públicas

Tucano Dr. Bandeira admitiu que mandou instalar a publicidade, mas negou intenção de se promover

A Justiça Eleitoral multou em R$ 15 mil o prefeito e candidato à reeleição em Amambai, Dr. Bandeira (PSDB), por propaganda eleitoral irregular. Ele fixou pelo menos oito placas chamando a atenção para obras públicas da prefeitura às vésperas da campanha.

No início do mês, o juiz titular da 1ª Zona Eleitoral de Amambai, Ricardo da Mata Reis, já havia deferido pedido liminar determinando a retirada das placas. Ontem (28), decidiu aplicar multa ao candidato tucano e reiterou a remoção da publicidade.

Para Mata Reis, “não há dúvida acerca da existência da propaganda institucional”. Além disso, o magistrado destacou que a defesa de Dr. Bandeira admitiu a instalação das placas. Por outro lado, negou que tinham o caráter de promoção pessoal. A publicidade tinha os dizeres “Prefeitura de Amambai Trabalhando”.

A representação contra o atual prefeito foi ingressada pelo rival na corrida pelo cargo, Zé Bambil (PSL). Os dois são os únicos candidatos ao Executivo nestas eleições em Amambai.

A decisão data de ontem (28), mas foi publicada hoje (29) no Diário Oficial do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral).

Eleições 2020Justiça Eleitoralpolit1Prefeitura de AmambaiPSDBPSLReeleiçãoTRE-MS