MPMS cria comissão para reduzir consumo de água e luz na instituição

Grupo terá prazo de trabalho de um ano, com objetivos e ações práticas já estabelecidas

O MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) criou a Comissão Interna de Conservação de Energia com o objetivo de estudar “procedimentos de consumo sustentável de energia e água”. O grupo deverá elaborar propostas e encaminhá-las à Secretaria-Geral do órgão.

Entre os objetivos do grupo estão: promover campanhas educativas buscando combater os desperdícios de energia, em sentido amplo, por meio da racionalização do consumo de energia elétrica, sempre visando a redução de custos e investimentos setoriais, de modo a aumentar a eficiência energética; fomentar o engajamento da população interna do MPMS (membros, servidores, empregados terceirizados, menores aprendizes e estagiários), buscando um objetivo comum, por meio de esforço coletivo e/ou individual, com a implementação de ações e medidas que demandem mudanças de hábito e cultura no sentido de racionalizar e otimizar o consumo de energia; entre outros.

Colocados como ações práticas da Comissão, estão: limitar a utilização dos equipamentos e dispositivos elétricos, como luminárias, computadores e aparelhos de ar-condicionado somente às dependências que estejam ocupadas; limpar o filtro do ar-condicionado, evitando que a sujeira prejudique o rendimento do aparelho; e desligar o ar-condicionado em ambientes não utilizados.

Com a criação do grupo, o MPMS pretende eliminar pagamento de “eventuais multas ou sanções de natureza qualquer em decorrência do consumo excessivo de energia”.

A Comissão será formada por sete membros e tem prazo um ano para concluir seus trabalhos, a contar da publicação, que ocorreu nesta terça-feira (21), no Diário Oficial do MPMS. Em caso de necessidade, as atividades do grupo poderão ser prorrogadas por mais um ano.

conta de águaConta de luzeconomiaenergiagasto de energiaministério públicoMPMS