Tentativa de intimidação em MS falha miseravelmente

Disfarçada de 'avisos na camaradagem', ameaça velada não assusta repórteres plenamente amparados e expõe medo de grupo truculento

Tentativa de intimidação em MS não é novidade para a imprensa. Mas, falhar miseravelmente até nas ameaças veladas contra jornalistas, é feito exclusivo de grupo que chafurda no poder enquanto o camburão não chega.

Conversinha mole tenta disfarçar ameaça com ‘avisos na camaradagem’, mas só comprova que, onde abunda a incompetência, sobra truculência.

Não é de hoje que criminosos e suspeitos de desmandos no poder público tentam usar a judicialização na tentativa de intimidar a imprensa. Na covardia, procuram quem acham ser o elo mais fraco para tentar assustar.

Tentativa de intimidação em MS saiu pela culatra

Assim, se acharam que deixariam repórter com receio de investigar e escrever ameaçando com processo, vão descobrir que só instigaram ainda mais o aguçado senso de curiosidade jornalística da equipe plenamente amparada, inclusive juridicamente.

Por fim, táticas antiquadas não surtem mais efeitos e só revelam que tem muita gente precisando de atualização profissional, com urgência. A máxima das avós já avisa: ‘quem não deve, não teme’.

Tá por dentro? Conta pro Midiamax!

Se você está por dentro de alguma informação que acha importante o público saber, fale com jornalistas do Jornal Midiamax!

Fala Povo: O leitor pode falar direto no WhatsApp do Jornal Midiamax pelo número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Se preferir, você também pode falar com o Jornal direto no Messenger do Facebook.

Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

AGUMato Grosso do SulMáxima