[ BASTIDORES ] Bolsonaro com covid repercute em MS

Repúdio 

Deputado Capitão Contar (PSL) disse repudiar o jornalista Hélio Schwartsman por ter publicado que a morte do Bolsonaro representaria serviço que ele foi incapaz de prestar para população.

Nacional

O repúdio se estende ao jornal Folha de São Paulo. “Dia de vergonha para o jornalismo brasileiro, desejar a morte de alguém é uma lástima, ele deveria se retratar pelo que falou e o jornal por publicar tamanha aberração”.

Recuperação

Coronel David (sem partido) afirmou sobre a rápida recuperação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) por estar tomando Ivermectina para se curar do coronavírus.

Pai da criança

Eduardo Rocha (MDB) colocou em votação projeto de lei do deputado Barbosinha (DEM), mesmo sem ele estar presente na sessão.

Ops

Apenas Coronel David percebeu que o autor da proposta não estava presente e o projeto foi retirado de pauta. O regimento interno da Casa de Leis não permite votar proposição sem o autor na sessão.

Ajuda

Evander Vendramini (PP) agradeceu ao governo estadual pela emendas pagas e valores repassados à APAE de Corumbá, Campo Grande, Asilo São José de Corumbá. “Eu acho que o momento importante do governo pagar se não ajudar as instituições que prestam serviços relevantes, elas vão fechar”.

Agradeço

Cabo Almi (PT) também agradeceu ao governador Reinaldo Azambuja (PSDB) pelo pagamento de suas emendas.

Necessidade

Após ter membro da família exposto como beneficiário do auxílio emergencial, parlamentar afirma que foi por necessidade. Além disso, acrescentou que qualquer familiar que precisar do benefício, deve solicitar.
ApaeAuxílio EmergencialBarbosinhaCabo AlmiCapitão ContarCoronavírusCoronel DavidDEMEduardo RochaEvander VendraminiGovernadorJair BolsonarojornalismoMDBMSPPPrefeitura de Campo GrandeProjeto de LeiPSDBPSLPTReinaldo AzambujaSão Paulo