Prefeitura tenta em Brasília recurso de R$ 3,4 milhões para concluir escolas em Campo Grande

Verbas já estavam previstas no orçamento

Equipe composta pelos secretários Pedro Pedrossian Neto (Finanças) e Elza Fernandes (Educação) foram a Brasília na terça-feira (8), para pleitear a liberação de R$ 3,4 milhões do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação). O recurso, segundo o titular de Finanças, será destinado a conclusão de obras em escolas de sete bairros de Campo Grande.

São instituições de ensino do município que já começaram obra, mas também há as previstas e não iniciadas ainda nos Bairros Jardim Anache, Jardim Inápolis, Oliveira III, Noroeste e Talismã.  O senador Nelsinho Trad Filho (PSD) acompanhou o encontro da equipe da Prefeitura de Campo Grande com o presidente do FNDE. Marcelo Lopes da Ponte. Segundo o parlamentar, as verbas já estavam previstas no orçamento do município, mas não foram pagas ainda.

“Foi uma reunião muito positiva, e nos foi dito que todos os contratos que estiverem aptos serão pagos, conforme ordem cronológica de assinatura. Estamos confiantes que vamos conseguir estes recursos para a educação de Campo Grande”, afirmou em sua conta no Instagram.

No Anache, a previsão era de R$ 562 mil; R$ 396 mil, São Conrado; Jardim Inápolis, R$ 462 mil; R$ 661 mil, no Oliveira III; Centenário, R$ 330 mil; Noroeste, R$ 264 mil e R$ 791 mil, Talismã.

FNDEInstagramNelsinho TradPedro PedrossianPedro Pedrossian Netopolit1Prefeitura de Campo GrandePSD