Tereza Cristina consegue liberar produtos brasileiros em missão ao Oriente Médio

Ministra da Agricultura percorreu por 12 dias Egito, Arábia Saudita, Kuwait e Emirados Árabes Unidos

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina (DEM), encerrou no domingo (22) a missão de 12 dias no norte da África e no Oriente Médio. Ela viajou para vários países no intuito de estabelecer contatos e buscar acordos para beneficiar o mercado agropecuário brasileiro, seja com venda de produtos ou abertura de empresas.

Ela iniciou a missão no Egito, onde participou de reuniões com autoridades locais e representantes da embaixada brasileira e conseguiu a abertura para produtos lácteos brasileiros. Depois, na Arábia Saudita, os encontros resultaram na autorização para exportar castanhas, produtos do ovo e aumentar o mercado de frutas.

Já a terceira etapa da viagem foi cumprida no Kuwait, onde Tereza aproveitou para também visitar o Fundo do Kuwait para o Desenvolvimento Econômico Árabe. “Oportunidade de buscar investimentos para o Brasil”, postou a ministra em na rede social.

Por fim, ela encerrou a missão comercial nos Emirados Árabes Unidos, onde novamente conversou sobre oportunidades de investimento e destacou o espaço existente no Brasil para se realizar trabalhos de longe duração, passando desde os insumos, maquinário, produção, estocagem, distribuição, pesquisa e inovação.

“Em todos os países percebemos a intenção de realizar parcerias estratégicas com as empresas brasileiras que queiram vir para cá [Oriente Médio] ou trazer nossos produtos agropecuários”, explica Tereza, que já retornou ao Brasil.

Nesta semana, ela tem nova agenda político-econômica em Bonito, que recebe o encontro de ministros da Agricultura do Brics, bloco econômico formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul (em inglês, South Africa). O evento começa na quarta-feira (25) à tarde e termina já na quinta-feira (26).

TEREZA CRISTINA