Pistola: ‘brasileiro só na porrada. Vão pra PQP’, deputado do PSL na China xinga eleitores e Olavo

A viagem da comitiva brasileira formada por parlamentares do PSL à China continua a render polêmicas. Desta vez, o motivo de controvérsia foi o vídeo do deputado federal eleito Daniel Silveira (PSL-RJ) no qual rebate com palavrões as críticas feitas por Olavo de Carvalho e apoiadores de Jair Bolsonaro à viagem dos parlamentares ao país […]

Richelieu Pereira Publicado em 23/01/2019, às 10h59 - Atualizado em 24/01/2019, às 10h30

Daniel Silveira é o primeiro à esquerda na imagem e está de camisa preta. (Foto: Reprodução/Acervo pessoal) - Daniel Silveira é o primeiro à esquerda na imagem e está de camisa preta. (Foto: Reprodução/Acervo pessoal)
Viagem da comitiva brasileira, que tem dois eleitos por MS, ainda causa 'mal-estar'
Daniel Silveira é o primeiro à esquerda na imagem e está de camiseta preta. (Foto: Reprodução/Acervo pessoal)

A viagem da comitiva brasileira formada por parlamentares do PSL à China continua a render polêmicas. Desta vez, o motivo de controvérsia foi o vídeo do deputado federal eleito Daniel Silveira (PSL-RJ) no qual rebate com palavrões as críticas feitas por Olavo de Carvalho e apoiadores de Jair Bolsonaro à viagem dos parlamentares ao país comunista.

A raiva de Daniel é motivada por ele não ter gostado do comentário de Olavo, que classificou a excursão ao país asiático como uma comitiva de “semianalfabetos” e “caipiras”. No grupo também estão a senadora Soraya Thronicke e o deputado federal Tio Trutis, ambos de Mato Grosso do Sul.

“Em primeiro lugar, vai pra puta que te pariu. Para quem servir a carapuça, foda-se. Sabe por quê? Eufemismo não funciona com brasileiro. O brasileiro parece que só funciona na porrada e bandido na bala, parece mais ou menos isso. A gente tem de ser desse jeito, tem de ser puto, falar com raiva, tem de odiar o brasileiro. Todos nós parlamentares aqui na China botamos nossa cara a tapa para enfrentar o sistema comunista que estava sendo implantado no Brasil”, afirma Daniel na gravação.

Segundo o relato de Silveira, a China não é um país opressor como Cuba ou Venezuela. O gigante asiático seria uma versão leve e pragmática do socialismo misturada com uma economia neoliberal vicejante.

“O Olavo de Carvalho, o guru da sapiência humana, falou um monte de besteira. Vou usar um termo que você mesmo usa quando está com raiva: vá para puta que o pariu. Você não é o limite da sapiência. Você não é a referência intelectual onipresente, onisciente e a mais sábia”, prossegue o futuro congressista, que é policial militar e estudante de direito.

“Hoje todo mundo é de direita, inclusive a esquerda. Hoje, claro, nós deputados que estamos na China somos comunistas”, ironizou.

A viagem de parlamentares do PSL à China causou um racha no partido e entre os bolsonaristas, que foram às redes sociais protestar contra integrantes da comitiva e chegou a ser um dos assuntos mais comentados em redes sociais.

Além dos já citados, estão no grupo de viajantes Junior Bozzella (SP), Felício Laterça (RJ), Bibo Nunes (RS), Charlles Evangelista (MG), Marcelo Freitas (MG) e Sargento Gurgel (RJ) – todos do PSL. Também participam do grupo o deputado Alexandre Serfiotis (PSD-RJ) e o eleito Luís Miranda (DEM-DF).

Confira o vídeo:

China PSL Soraya Thronicke Loester Trutis