Polícia aguarda apresentação de motorista que atropelou e matou entregador em Dourados

Condutor da caminhonete tem 30 anos e poderá responder por homicídio doloso

Segundo informações  da Polícia Civil de Dourados, o motorista da caminhonete S10, cor branca, com placas de Naviraí, que atropelou e matou o entregador Anderson Maia de Oliveira, 27, na madrugada do domingo (13) já foi identificado e deve se apresentar  nesta segunda-feira (14).

O acidente ocorreu no cruzamento entre a Rua Balbina de Matos com a rua Ponta Porã, em Dourados e tirou a vida de Anderson, que pilotava a moto YBR-125, cor prata, com placas de Dourados. Segundo testemunhas, o condutor da caminhonete não respeitou o sinal verme;ho do semáforo.

Diante do impacto da colisão, o motociclista foi arremessado sobre um carro modelo Ônix, que estava estacionado na rua Ponta Porã. Além disso, a devido à violência da batida, a moto pegou fogo.

Depois do atropelamento, o motorista da caminhonete fugiu do local e abandonou o veículo na Rua Ciro Melo, que foi localizado em seguida pela polícia. Durante a vistoria foi encontrada uma garrafa de cerveja e outra de energético.

Segundo informações policiais, o condutor da caminhonete é um homem de homem de 30 anos, morador no Jardim Maracanã. Segundo  o delegado Francis Flávio Tadano, responsável pelo caso, ele poderá responder por homicídio doloso.

Acidente de Trânsito