Pai e filha morrem em acidente grave na BR-163 a caminho de Campo Grande

O homem chegou a ser socorrido e morreu no hospital

No início da manhã desta segunda-feira (14) Natália de Macedo, de 34 anos, e o pai, Miguel Ângelo Martines, 71 anos, morreram em grave acidente na BR-163. Eles seguiam de Anhanduí para a Capital quando ocorreu a colisão com outro veículo.

Conforme apurado pelo Jornal Midiamax, o acidente aconteceu por volta das 5h30, na região do pátio de pedágio da BR-163, entre Anhanduí e Campo Grande. Assim, seguiam no Fiat Uno o motorista, a filha Natália como passageira e outras quatro pessoas, uma mulher de 30 e um homem de 31 anos e duas crianças de 3 e 4 anos.

Então, nas proximidades do pátio de pedágio, o condutor tentou atravessar a pista para a esquerda. Neste momento quando aconteceu a colisão com o Ford Ka, que seguia no sentido oposto a caminho de Anhanduí, conduzido por um homem de 58 anos.

Com o impacto, Natália morreu no local. Já o pai Miguel e os outros passageiros foram socorridos em estado grave, sendo que o pai não resistiu e morreu no hospital. Ainda conforme a assessoria da Santa Casa, o idoso sofreu 5 paradas cardiorrespiratórias e não resistiu.

Já motorista do Ka sofreu ferimentos leves e não foi levado para o hospital. As duas crianças deram entrada na área-verde do pronto-socorro infantil, passaram por exames e foram liberadas. Enquanto isso, a mulher de 30 anos está orientada e estável, mas aguarda cirurgia por conta de fratura no fêmur. Por fim, o homem de 31 anos também sofreu fraturas, no fêmur, clavícula e pélvica e também aguarda cirurgia ortopédica.

*Matéria atualizada às 17h27 para acréscimo de informações

Acidente na BR-163BR-163PEDPedágiopolic1