Luz alta atrapalha e idoso morre após ser atropelado em avenida de MS

Idoso atravessava via, quando foi surpreendido pelo veículo

Manoel Clemente Faria, de 85 anos, morreu após ser atropelado quando tentava atravessar a avenida Ângelo de Souza, distrito de Presidente Castelo, em Deodápolis, a 260 quilômetros de Campo Grande. O motorista disse que foi atrapalhado por outro carro que seguia na pista, que acendeu a luz alta, quando ocorreu o atropelamento na noite desta terça-feira (10). As circunstâncias serão apuradas.

De acordo com as informações do boletim de ocorrência, o motorista foi orientado pela Polícia Militar e compareceu até a delegacia de polícia após o acidente. Ele contou que por volta das 19h15 trafegava na avenida principal de Presidente Castelo, quando na pista contrária seguia outro veículo com luz alta, prejudicando a visão da pista.

Por conta disso, ele relata que atropelou a vítima, mas não chegou a ver o idoso atravessando. Após perceber que bateu em uma pessoa, o motorista parou o carro para prestar socorro e então percebeu que aparentemente a vítima já estava sem vida. A PM foi acionada e também a equipe do hospital da cidade, que constatou o óbito.

Mesmo com esse depoimento, a polícia constatou que o veículo do motorista se encontra em péssimo estado de conservação. De acordo com a PM, além dos danos no farol esquerdo e para-brisa, devido ao acidente, também foi constatado que a luz baixa do veículo não acende, o botão de acionamento dos faróis está danificado e os vidros das portas não fecham.

 

AtropelamentoPolícia Militar