VÍDEO: Suspeito de matar homem a facadas na frente da casa de ex é preso

Vítima desconfiava que a ex estava se envolvendo com o autor

O suspeito de matar a facadas o homem identificado como José Augusto Marques da Cruz, de 44 anos, na tarde desta quinta-feira (14), em Campo Grande, foi preso pelo GOI (Grupo de Operações e Investigações), da Polícia Civil. O crime ocorreu em frente a uma casa na Rua Lorenzo Torres Cintra, no bairro Paulo Coelho Machado, onde mora a ex-mulher da vítima. O suposto autor foi localizado na residência dele, nas proximidades.

De acordo como GOI, a vítima suspeitava de que a ex tinha um relacionamento com o autor e foi procurá-la. Na frente do imóvel, os dois homens discutiram, oportunidade em que o suspeito golpeou Clayton duas vezes, uma delas perto do pescoço, usando faca de açougue. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A ex-mulher dele será conduzida para prestar esclarecimentos, pois pode estar envolvida, mesmo que indiretamente.

O delegado Fabrício Dias, da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Cepol (Centro Especializado de Polícia) esteve no local acompanhando o trabalho da perícia e disse que, de fato, o crime foi motivado por uma discussão envolvendo triângulo amoroso entre a moradora, vítima e autor. Além disso, foi confirmada a identidade do esfaqueado, reconhecido como Clayton, bem mais novo que a mulher havia dito. Inicialmente ela afirmou que ele teria 44 anos.

Conforme já noticiado, câmera de segurança de um supermercado registrou três pessoas saindo da casa onde tudo aconteceu. A equipe do jornal Midiamax teve acesso às imagens, mas não foi autorizado a divulgá-las até o momento, para não comprometer a investigação policial. No registro é possível ver que Clayton chega ao imóvel às 13h52, de bicicleta.

Como o estabelecimento fica na esquina, não dá para ver a entrada da casa por completo, apenas uma parte. Mesmo assim, o vídeo é suficiente para constatar que o homem se aproxima e começa a pedir para entrar. Ele chega a bater no portão e a acenar com a mão. Logo em seguida, às 13h55, alguém aparece para abrir o portão, momento em que a vítima é golpeada. Clayton tenta se segurar junto à estrutura, mas acaba caindo, onde morre.

Na sequência, duas pessoas saem do imóvel. Elas vão para a esquina à direita. Depois, sai mais uma pessoa e em seguida sai a ex-mulher, de 54 anos, que começa a pedir ajuda a vizinhos e a pessoas que passavam por ali. Foram acionados o Corpo de Bombeiros e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas Clayton não resistiu aos ferimentos sofridos no ombro e perto do pescoço.

A moradora alega que estava dormindo naquele momento, quando ouviu um barulho na frente de casa e foi até o portão, se deparando com o ex gravemente ferido. Ele estava sem camisa e pediu para que ela guardasse a bicicleta na varanda, antes de perder a consciência.

* Matéria alterada às 18h06 para correção do nome da vítima, que inicialmente foi informado como sendo o do suspeito

bicicletaCorpo de Bombeirosdest1GOIPolícia CivilSAMUSupermercadoWhatsApp