Polícia investiga últimos passos de homem encontrado morto e nu em matagal em MS

A Polícia Civil investiga os últimos passos de Moacir Barbosa de Queiroz, de 54 anos, encontrado morto na última quarta-feira (13) em meio a um matagal na cidade de Costa Rica, a 384 quilômetros de Campo Grande. Mesmo não tendo sido encontradas marcas aparentes de violência no corpo, informações iniciais são de que ele estava […]

Dayene Paz Publicado em 15/01/2021, às 09h41 - Atualizado às 09h46

Local onde corpo foi achado. Imagem: Divulgação / MS Todo Dia - Local onde corpo foi achado. Imagem: Divulgação / MS Todo Dia
Informações iniciais são de que ele estava acompanhado no local onde foi achado morto

A Polícia Civil investiga os últimos passos de Moacir Barbosa de Queiroz, de 54 anos, encontrado morto na última quarta-feira (13) em meio a um matagal na cidade de Costa Rica, a 384 quilômetros de Campo Grande. Mesmo não tendo sido encontradas marcas aparentes de violência no corpo, informações iniciais são de que ele estava acompanhado no local, o que está sendo apurado.

O delegado titular da DP de Costa Rica, Gustavo Mendes, afirmou que ouviu informalmente pessoas que estavam com ele antes do desaparecimento. “Foi apurado até agora que ele estava em um bar consumindo bebida alcoólica na noite de domingo e que pode ser que estava acompanhado na região onde foi encontrado morto, o que estamos levantando”, disse Mendes ao Jornal Midiamax.

No entanto, ainda não foi definida uma linha de investigação. “Mesmo não encontradas marcas de violência aparentes, esperamos laudo de exame necroscópico para definir as estratégias da investigação”, complementou o delegado. A região, conforme apurado pela reportagem, é utilizada por usuários de drogas.

Entenda

Moacir estava desaparecido desde o último domingo (10) e testemunhas o localizaram na quarta-feira (13). O corpo estava nu, com as roupas jogadas ao lado, em avançado estado de decomposição em meio a um matagal, próximo a uma pista de caminhada, que fica ao lado do centro de eventos Ramez Tebet.

Polícia Civil Desaparecimento desaparecido