Morador de Campo Grande divulga dados sigilosos da Justiça de SP e é alvo de operação

Polícia Civil de MS ajudou no cumprimento de mandados com polícia de SP

Uma pessoa foi levada para a delegacia durante a deflagração da Operação Efussis, que foi deflagrada em São Paulo com a ajuda dos policiais da Dracco (Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado) de Mato Grosso do Sul, nesta terça-feira (17).

A operação aconteceu após a polícia de Presidente Bernardes/SP finalizar complexa investigação de combate ao tráfico de drogas instruída, onde havia documentos sigilosos, que foram divulgados em redes sociais. Os documentos estavam em segredo de Justiça.

Com investigações de crimes praticados no ciberespaço foi possível a identificação e individualização do ponto de acesso em que houve a conexão à internet para download do arquivo sigiloso junto ao sistema do Tribunal de Justiça de São Paulo, dando como endereço um residencial em Campo Grande.

Com mandado, os policiais fizeram buscas no local apreendendo equipamentos eletrônicos utilizados pelo investigado. O suspeito de ter praticado o acesso foi levado até a delegacia para prestar esclarecimentos.

Nome da operação

A expressão latina “Effusis” que dá nome a operação, significa transmissão, difusão, fazendo alusão ao ilegal compartilhamento de conteúdo investigativo sigiloso em redes sociais.

CorrupçãoCrime OrganizadoMato Grosso do Sulpolic1Tráfico de Drogas