Suspeito é preso com revólver e drogas durante investigação de homicídio no Itamaracá

Vítima foi encontrada morta com tiro no pescoço

Nesta terça-feira (29), homem de 48 anos foi preso em flagrante no Itamaracá, suspeito de participar da morte de Luis Antônio Pedreiro Ruiz de Jesus, 37 anos. A vítima foi encontrada morta em casa, com um tiro no pescoço, no dia 24 de setembro.

Equipes da 4ª Delegacia de Polícia Civil que investigam o caso receberam informações sobre o suspeito, que estaria com um revólver e teria participado do crime. Assim, o homem foi encontrado na frente de casa, na Rua Naor Lemes Barbosa. Ele ainda tentou correr, mas foi detido.

Já na casa, foram encontrados o revólver calibre 38, municiado. Com isso ele também revelou que havia drogas na residência. Então, foram apreendidos 51 porções de maconha e uma de cocaína. O suspeito acabou confessando que vendia o entorpecente e foi preso em flagrante pelo posse irregular da arma e tráfico de drogas.

A polícia apura o envolvimento do autor no homicídio de Luis.

Encontrado morto em casa

Luis foi encontrado morto em casa no fim da tarde do dia 24. A irmã o viu pela última vez na noite do dia anterior e, no dia seguinte, deixou o café para o irmão embaixo do portão, como de costume.

No entanto, quando retornou por volta das 16 horas, percebeu que o café ainda estava ali. Então, entrou na casa e encontrou o irmão morto, na cama, com vários ferimentos no rosto e sangramento. Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado e constatou o óbito.

Ainda foi identificada a perfuração por arma de fogo no pescoço de Luis. A princípio, ele foi ferido fora da casa, mas fugiu e foi até o quarto.

CocaínaFlagranteHomicídioMaconhaPolícia CivilSAMUTráfico de Drogas