PM lamenta morte de PRF atropelado durante serviço na MS-258

PRF há 25 anos, Vladimir deixa esposa e uma filha

A PMMS (Polícia Militar de Mato Grosso do Sul) lamentou, por meio de nota, a morte do policial rodoviário federal Vladimir Benedito Struck, 45 anos, que foi atropelado durante serviço na noite desta quinta-feira (9) na MS-258 em Sidrolândia, a 70 quilômetros de Campo Grande.

“O Comandante-Geral externou lamento ao saber que um profissional de segurança pública dedicado, cumpridor de suas obrigações, empenhado na promoção do bem-estar da sociedade sul-mato-grossense faleceu em razão de atropelamento durante atividade profissional. O Coronel Waldir roga a Deus para que conforte a família e amigos de Vladimir”.

Mesmo sendo policial rodoviário federal, Struck fazia um atendimento em estrada estadual, a rodovia MS-258, na noite de quinta, quando foi atingido por um carro conduzido por um homem de 73 anos, na região do Capão Seco, em Sidrolândia.

Ele foi socorrido e encaminhado em estado grave para a Santa Casa com traumas diversos. Porém, devido a gravidade dos ferimentos, o policial não resistiu e acabou falecendo. O velório acontece nesta tarde em Sidrolândia.

Pré candidato

Vladimir era um dos principais adeptos do Aliança pelo Brasil, novo partido que está em processo de criação pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Struck, conforme já se especulava nos bastidores, era um dos pretensos candidatos a prefeitura de Sidrolândia.

Recentemente, Struck inaugurou o escritório do Aliança em Sidrolândia, sendo que para o próximo domingo (12) estava programado o primeiro ato na cidade da sigla em criação – o partido ainda está em fase de coleta de assinaturas. Sua morte foi lamentada por Bolsonaro em postagem feita nas redes sociais e também pelo deputado estadual Capitão Contar (PSL).

acidenteatropelamentopolíciaPRFtrânsito