Motorista de Uno que deixou motociclista ferido estava embriagado e não tem CNH

Homem foi conduzido pela PM à Delegacia de Polícia Civil
Uno ficou com a frente destruída após bater em moto e caçamba. Foto: Dayene Paz

Embriagado e sem CNH (Carteira Nacional de Habilitação), o motorista do Fiat Uno envolvido em acidente que deixou motociclista gravemente ferido na tarde desta sexta-feira, em Campo Grande, foi conduzido pela Polícia Militar à Delegacia de Polícia Civil. Com o impacto, o carro chegou a tombar uma caçamba que derrubou parte do entulho.

Conforme apurado, após o acidente, o Batalhão de Trânsito constatou que o homem aparentava sinais de embriaguez e o submeteu ao teste do bafômetro, que testou positivo para a ingestão de álcool. O resultado foi de 0,70 Mg/l, o dobro do permitido. Além disso, foi descoberto que o motorista não era habilitado. Testemunhas disseram que momentos antes, ele foi visto em uma conveniência.

Conforme relatado, o condutor do Uno seguia pela Rua Antônio Carlos Filho, na Vila Almeida, quando no cruzamento com a Rua Náutico, teria desrespeitado a sinalização e avançado, resultando na colisão com a moto, que trafegava pela Rua Náutico. O motociclista foi lançado ao solo.

Ele teve fratura na perna, na mandíbula e traumatismo craniano, sendo resgatado pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e encaminhado às pressas para a Santa Casa. Um aluno do curso de formação do Corpo de Bombeiros estava por perto e ajudou a amparar a vítima até a chegada da equipe na viatura. A Polícia Militar de Trânsito está no local averiguando as condições do motorista do Uno, que não se feriu.

acidenteembriagado