Juiz mantém prisão de guarda patrimonial flagrado com 72 quilos de cocaína

Ele transportava a droga no carro

Foi determinada a prisão preventiva do guarda patrimonial, de 40 anos, detido na última sexta-feira (25) por tráfico de drogas. Ele foi flagrado na BR-262, transportando 72 quilos de cocaína e 7 quilos de maconha no carro.

Conforme a PRF (Polícia Rodoviária Federal), foi feita abordagem ao Hyundai Santa Fé, conduzido pelo homem. Ele se apresentou como guarda patrimonial e servidor público em Corumbá e disse que participaria de uma reunião em Campo Grande.

No entanto, os agentes desconfiaram do nervosismo do motorista e fizeram uma verificação no carro. Assim, encontraram o fundo falso, no porta-malas. No compartimento os policiais encontraram e apreenderam 72,4 quilos de cocaína, droga avaliada em aproximadamente R$ 2 milhões, além de 7,4 quilos de maconha.

Após ser preso em flagrante, o agente passou por audiência de custódia nesta segunda-feira (28), em que foi definida a prisão preventiva.

Audiência de CustódiaBR-262Cocaínadest1MaconhaPRFServidor PúblicoTráfico de Drogas