Contrabando milionário de medicamentos tinha 5.500 abortivos e anabolizantes

Paulista de 43 anos foi preso em ação da PRF em MS

O paulista de 43 anos preso pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) na noite de quinta-feira (26), em Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande, transportava ao todo 5.500 medicamentos abortivos e anabolizantes contrabandeados, cuja venda é proibida no Brasil. Conforme já noticiado, o flagrante aconteceu na BR-163, no âmbito da Operação Tamoio II.

Durante abordagem a uma picape Courier, os policiais encontraram a mercadoria avaliada em aproximadamente R$ 1 milhão. Entre os medicamentos, estavam comprimidos utilizados em métodos abortivos, tratamento de disfunção sexual e anabolizantes. O motorista foi preso e encaminhado à sede da Polícia Federal em Dourados.

A apreensão pode ter sido uma das maiores em quantidade, totalizando entre os produtos, 6 mil comprimidos do abortivo Cytotec, 10 mil comprimido de Pramil, 20 mil comprimidos de reumazin forte, além grande quantidade de anabolizantes, entre eles, Stanazoland, Metadristetolonona, Testenat Depot, Trembolona Emantato, entre outros.

BR-163ContrabandoFlagrantePolícia FederalPrefeitura de Campo GrandePRF