Amigos colidem motos e um acaba detido após desacatar e tentar agredir bombeiros

Ele ainda se recusou a apresentar a documentação para os militares

Na madrugada deste domingo (19), enquanto atendiam a uma ocorrência de acidente de trânsito, bombeiros militares foram vítimas de desacato e ameaça por um motociclista. O homem de 31 anos se envolveu em acidente de trânsito por volta das 4h30, no cruzamento da Avenida Fabio Zahran com a Avenida das Bandeiras.

Segundo informações dos militares que estavam no local, eles foram acionados por conta do acidente envolvendo as duas motocicletas. A princípio os dois homens seriam amigos e voltavam de um bar, quando colidiram os veículos. Um teve laceração na perna e precisou ser socorrido pela Unidade de Resgate dos Bombeiros.

Já o outro estaria bastante alterado e não quis entregar os documentos pessoais ou do veículo para os militares. Ele ainda teria tentado agredir os bombeiros e acabou detido em flagrante por desacato. As Polícias Militar de Trânsito foram ao local e a partir do teste de bafômetro teria constatado 0,27 miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões do homem.

Ele foi encaminhado por uma equipe da Polícia Militar para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol, onde foi elaborado o TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência). O suspeito estaria com uma passageira na moto, sem capacete, que recusou atendimento e saiu do local. Apesar de não querer entregar a documentação, os documentos estariam todos em dia.

O homem responderá por ameaça, desacato e desobediência, além de conduzir o veículo sob influência de álcool.

acidente de trânsitoagressãoameaçabombeirosCorpo de Bombeirosdesacato