Vizinho que estuprou mulher com deficiência tem prisão preventiva decretada

Ameaçou matar a mãe da vítima

A Justiça determinou a prisão preventiva do homem de 37 anos, que foi preso neste fim de semana no Portal Caiobá, em Campo Grande, após estuprar uma mulher com deficiência mental e visual.

O crime aconteceu no sábado (14), sendo que o autor foi preso no mesmo dia. Já no domingo (15), a Justiça determinou pela sua prisão preventiva. Antes de tentar fugir após o estupro, o autor ainda teria ameaçado de morte a mãe da vítima.

Na noite de sábado a mãe da vítima, que tem 60 anos, saiu da residência por alguns momentos, quando o vizinho invadiu a casa. Quando ela voltou, encontrou o homem de 37 anos colocando a mulher, com as roupas abaixadas, atrás de uma bananeira no quintal da casa. A mulher, que não teve idade divulgada, tem deficiência mental e visual e não consegue se locomover sozinha.

A mulher gritou com o homem e disse que chamaria a polícia, quando ele a ameaçou “Chama pra você ver! Eu te mato!”. Segundo o depoimento da mãe da vítima, mesmo assim ela foi para cima dele e o empurrou e ele tentou fugir correndo, mas foi detido por testemunhas. O autor chegou a passar o órgão genital na vítima, mas não havia confirmação se tinha cometido conjunção carnal.

Estupro de vulnerável