Homem que incendiou casa da ex-sogra ao tentar reatar com ex é preso

Homem já responde a diversos processos por violência doméstica e furto

Um jovem de 19 anos foi preso nesta quinta-feira (28) por policiais civis acusado de incendiar a casa da ex-sogra após a negativa da ex-esposa de reatar o relacionamento. O caso foi registrado em Porto Murtinho, a 454 quilômetros de Campo Grande.

Conforme as informações da polícia, o rapaz se relacionou com a filha da vítima por alguns meses em Porto Murtinho, mas a mulher devido ao histórico de violência doméstica rompeu com o relacionamento e foi embora para Campo Grande. Roberto Gutierrez foi atrás e tentou reatar o relacionamento e, como não conseguiu, ameaçou sua ex-convivente e família.

O rapaz retornou para Porto Murtinho no dia 17 deste mês e, às 22h30 ateou fogo na casa da ex-sogra, onde não havia ninguém no momento. Diversos móveis e eletrodomésticos foram destruídos pelo fogo.

Testemunhas alegaram ter visto o suspeito pulando o muro da casa da vítima e fugindo após deixar a casa em chamas. A vítima comunicou o crime e a Polícia Civil iniciou as investigações.

Após identificar o suspeito, a polícia representou pela prisão preventiva de Roberto, que foi deferida na tarde desta quinta-feira. O SIG (Setor de Investigações Gerais) diligenciou e localizou o suspeito, dando cumprimento ao mandado de prisão. Roberto já responde a diversos processos por violência doméstica e furto. Ele foi recolhido e será encaminhado ao sistema penal.

Crime OrganizadoIncêndio