Bêbado sem CNH tumultua trânsito e ameaça PMs por ser sobrinho de procurador

Carona se apresentou como advogado, mas tinha só o 3º semestre do curso

Um rapaz, de 23 anos, foi preso após causar tumulto na Avenida Afonso Pena, neste domingo (19), em Campo Grande. O jovem estava com o carro parado no meio da rua, causando engarrafamento e transtorno. Além de não ter habilitação e estar bêbado, ele ainda ameaçou os policiais alegando ser sobrinho de um procurador de entidades públicas do Estado.

O homem que estava no carona se apresentou como advogado e exigiu a liberação do carro, mas os militares constataram que ele só havia concluído até o 3º semestre da faculdade.

Conforme boletim de ocorrência, o condutor de um Peugeot estava parado no meio da rua, causando engarrafamento e atrapalhando o trânsito. A Polícia Militar encontrou garrafas de cerveja no interior do carro e verificou que o motorista não tinha habilitação. Ao ser abordado, o jovem insultou os militares, disse que “isso não ficaria assim”, que “não era vagabundo” e que iria excluir os agentes da corporação porque era “sobrinho de procurador”.

Neste momento, o homem de 47 anos que estava no carona se apresentou como advogado usando o nome de pessoas públicas e exigiu que o veículo fosse liberado. Após averiguação, os policias descobriram que ele havia cursado somente até o 3º semestre do curso de Direito. Diante da descoberta, o passageiro alegou que estava sendo abordado por ser negro.

Os dois amigos receberam voz de prisão e foram encaminhados para a Delegacia Civil. O motorista fez o teste de bafômetro e comprovou a embriaguez.

Afonso penaembriagadomotorista bêbado