5 tecidos que não precisam ser passados após a lavagem

Saiba quais tipos de tecido escolher para não ficar horas passando roupas

Lavar as roupas pode se tornar uma tarefa muito árdua, principalmente sabendo que logo após a lavagem e secagem, ainda há mais um grande desafio: passar todas as peças. Uma pilha de roupas “para passar” é tratada com mais e mais indulgência à medida que a semana passa e o cansaço aumenta.

Algumas dicas na hora da compra e da secagem podem ajudar a diminuir o trabalho. Se você perceber que a roupa ainda está amarrotada no cabide da loja, pode soltá-la. Na loja todos os dias alguém cuida de camisas, vestidos e calças para que fiquem mais atraente e se está amassado na loja, saiba que vai amassar ainda mais depois de sair da máquina de lavar.

 

No entanto, se você já tem coisas em seu guarda-roupa que são difíceis de suavizar – cuide de sua condição imediatamente após a lavagem. Em vez de secá-las em uma corda ou em uma secadora, pendure o item diretamente no cabide. Desta forma, a gravidade irá ajudá-lo a deixar a peça mais lisa após a secagem.

Confira alguns tecidos que não precisam ser passados abaixo:

Lyocell

O Lyocell é um tecido reminiscente de algodão à primeira vista. Muito melhor do que esses materiais naturais, no entanto, lida bem com vincos. É por isso que é uma boa ideia comprar uma camisa branca – você pode ter certeza de que essas roupas podem ser lavadas com facilidade e repetidas vezes na máquina de lavar roupa, e depois de pendurar no cabide secará a tal estado que você pode usá-lo imediatamente. O Lyocell tem uma característica mais valiosa. É fácil atrair manchas, por exemplo traços amarelos de suor, que no caso de puro algodão ou linho podem arruinar sua camisa.

Casimira ou cashmere

Cashmere é um tecido que está associado ao luxo. Com razão, porque é extremamente macio, delicado e acolhedor, e seu preço é muito maior do que a lã orgânica, mas menos agradável para a pele. A cashmere tem mais uma vantagem sobre a lã – é um material que respira tanto que podemos usá-la mesmo nos dias mais quentes e não nos sentimos desconfortáveis. Sua textura sutil faz com que, mesmo com os jeans mais simples, a estilização seja mais elegante.


E não estamos falando apenas de suéteres de lã. Embora os tecidos de lã possam ser associados ao inverno, vale a pena usá-los durante todo o ano. No verão, por exemplo, finas, bermudas de lã ou calças elegantes são perfeitas. A lã é um tecido orgânico, é por isso que respira bem e não precisa passar.

Tecido de seda

É o tecido perfeito para um vestido de verão. Leve, arejado e delicado. Ele seca rapidamente, mas é melhor secá-lo em um suporte para que não sejam criados vincos desagradáveis. Lembre-se que se você quiser passar roupas feitas com esse tecido, é sempre bom colocar um outro tecido por cima para passar e não estragar o tecido.

Poliéster

Tecidos com adição de poliéster (na maioria das vezes algodão) ou de cem por cento, são famosos pelo fato de não serem fáceis de amassar. O poliéster é considerado um tecido de baixa qualidade, porque o associamos ao fato de que ele não respira e por parecer barato. No entanto, vale a pena olhar para o outro lado da moeda – é muito prático porque é fácil de lavar e é resistente a manchas e vincos.

dicasferroPassar RoupasTecidosTutorial