Após 60 anos de relacionamento, Tarcísio Meira se declara para Glória Menezes

Tarcísio Meira relembrou toda trajetória profissional também com Glória Menezes

Tarcísio Meira e Glória Menezes são referências quando o assunto é amor e profissionalismo. Os dois estão juntos desde 1962 e estão prestes a completar 60 anos de casados e também da parceria em cena.

Os artistas deram uma entrevista exclusiva ao especial  “Os Casais Que Amamos“, que o canal Viva exibe no próximo sábado, dia 6 de junho, segundo o portal Jetss. O Gshow adiantou um trecho da entrevista em que o artista, de 84 anos, declara seu amor e a profunda admiração que sente pela esposa e colega de trabalho, de 85. Dessa união nasceu Tarcísio Filho, único herdeiro do casal, e também ator.

“Nós fomos mudando, crescendo e envelhecendo ao mesmo tempo, então isso foi nos tornando também, além de tudo, parceiros, muito amigos e confidentes. É um sentimento muito especial que temos um pelo outro e, talvez por isso, porque nós sempre nos apegamos muito um ao outro e dependemos muito um do outro. Sinto muita falta de Glória e sei que ela sente a minha quando estou fora”, afirma Tarcísio.

Ainda conforme o portal Jetss, eles também relembram como se conheceram, na peça “Uma Pires Camargo”, e de quando trabalharam juntos na primeira novela diária do país, “2-5499 Ocupado” (1963), da TV Excelsior.

“Havia alguns diretores argentinos e eles insistiam que a gente fizesse novelas. Não nos sentíamos à vontade, mas fizemos porque éramos contratados da emissora. E nos espantamos ao ver que dias depois da estreia a novela era um sucesso”, conta o ator.

Na Globo, contracenarem em Sangue e Areia (1967), uma adaptação de Janete Clair, com direção de Daniel Filho. “Roberto Marinho acreditou na novela, no artista brasileiro. ‘Sangue e Areia’ foi feita com muito pouco recurso. Minha roupa de toureiro era muito bonita. Quando tínhamos que gravar, íamos para o terraço da emissora e se improvisava uma arena para eu tourear”, revela.