Festival de Cinema de Cannes cancela sua 73ª edição

Cancelamento do evento ocorre pela primeira vez por conta da pandemia

Pela primeira vez em 73 anos, o Festival de Cinema de Cannes foi cancelado, por conta da pandemia do novo coronavírus. Há algumas semanas em indefinição, o festival anunciou oficialmente que não vai realizar sua 73ª na Riviera Francesa.

“Em um nível pessoal, estou tomado por um sentimento de melancolia e nostalgia”, disse o diretor geral do festival, Thierry Frémaux, em uma entrevista divulgada no site oficial do evento. “Tenho ido ao festival por 35 anos. É o meu trabalho, mas além disso é um incrível evento humano, artístico e gastronômico, não apenas para mim, mas para todos que vão. Todo ano, é uma experiência extraordinária. Em nível profissional, estou enfrentando uma situação sem precedentes, mas com serenidade. No festival, decidimos tomar essa situação difícil, que atinge a todos, como uma oportunidade para pensar sobre o futuro.”

Frémaux disse que no início de junho uma lista com a seleção oficial de 2020 será divulgada, e todos os filmes têm data de lançamento entre as próximas semanas e a primavera (outuno no Brasil) de 2021. A ideia é promover lançamentos das obras selecionadas, inclusive em parcerias com outros festivais, como Veneza, mas não haverá júri ou premiações.

“Parte da mídia gostaria que o festival fosse cancelado”, disse ainda o diretor. “E um cancelamento era óbvio. Mas com o presidente do festival, Pierre Lescure, decidimos não simplesmente abandonar o setor e seguir em frente com a 74ª edição, deixando para trás todos que dependem da gente. A exposição em Cannes é insubstituível, mas isso também cria deveres.”

Em abril, foi anunciado que mais de 20 festivais de cinema de todo o mundo se uniram para transmitir filmes de graça no YouTube depois que a pandemia de coronavírus fechou as salas de exibição e forçou o cancelamento dos eventos presenciais. Com duração de 10 dias, “We Are One: A Global Film Festival” terá conteúdo gratuito no Youtube com curadoria dos festivais de Berlim, Cannes, Veneza, Sundance, Toronto e Tribeca, entre outros, a partir de 29 de maio. Os filmes serão de seleções passadas.

O Festival de Cannes foi criado em 1939, e tinha data de estreia para setembro daquele ano, mas foi impedido de acontecer por conta da Segunda Guerra. Em Maio de 1968, o evento também foi interrompido.

Cinema BrasileiroCoronavírusmid1