Prouni 2020: confira as datas e os documentos de entrega para as instituições

Estudante precisa comprovar informações

As datas e a lista de documentos que os estudantes selecionados no Prouni 2020 precisam apresentar na instituição de ensino já estão disponíveis. Os documentos do Prouni são demonstrativos que o estudante precisa apresentar para aderir ao programa, com objetivo de confirmar a veracidade das informações prestadas na inscrição. Seguindo o cronograma oficial do Programa Universidade para Todos (Prouni), a 1ª chamada do Prouni 2020 ocorre de 04 a 11 de fevereiro.

O período da comprovação de documentos para a 2ª chamada está previsto para iniciar no próximo dia 18 e encerrar em 28 de fevereiro. Já o terceiro período é destinado aos estudantes que estejam cadastrados na lista de espera, que deve ocorrer de 13 de março a 16 do mesmo mês.

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), os documentos do Prouni podem ser apresentados pelo próprio candidato e, também, por membros do grupo familiar. A comprovação deverá ser feita por meio da apresentação de documentos originais no momento de aferição das informações prestadas pelo candidato.

 

Lista de documentos do Prouni

  • Documentos de identificação;
  • Comprovantes de residência;
  • Comprovantes de rendimentos;
  • Comprovante de separação, divórcio ou óbito dos pais;
  • Comprovante de pagamento de pensão alimentícia;
  • Comprovantes de ensino médio;
  • Comprovante de professor da educação básica, quando for o caso;
  • Comprovante de deficiência, quando for o caso;
Mais informações sobre quais documentos são aceitos para comprovação estão na página do Prouni.

 

Como apresentar os documentos do Prouni?

O candidato pré-selecionado deve comparecer na instituição de ensino a qual deseja ingressar, para apresentar os documentos do Prouni. Para isso, o candidato precisa comprovar as informações prestadas na inscrição dentro do prazo estipulado pelo cronograma do Prouni 2020.

O MEC alerta que “é de inteira responsabilidade do candidato verificar, na instituição, os horários e o local de comparecimento para a aferição das informações. A perda do prazo ou a não comprovação das informações implicará, automaticamente, a reprovação do candidato”.

 

Qual é a diferença entre Prouni e Educa Mais Brasil?

O Programa Universidade Para Todos (Prouni) é uma iniciativa do governo, cuja criação foi em 2004, com o objetivo de disponibilizar bolsas de estudo integrais e parciais em universidades e faculdades privadas em todo o Brasil.

Para se candidatar no Prouni 2020, o estudante precisa ter feito o Enem 2019 e cursado o Ensino Médio completo em escola pública ou em instituição privada como bolsista integral. Há oportunidades, também, para deficientes e professores da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica.

Já o Educa Mais Brasil é uma iniciativa privada, que disponibiliza bolsas de estudo para diversas modalidades de cursos, em milhares de instituições de ensino do Brasil. Tudo isso sem precisar de seleção, nota de corte ou nota do Enem.

Assim, quem não foi contemplado no Prouni pode continuar sonhando com a faculdade. Pois, o Educa Mais Brasil, maior programa de inclusão educacional do país, está com bolsas de estudo disponíveis.

Como fazer inscrição no Educa Mais Brasil?

  • Acesse o site do Educa Mais Brasil;
  • Escolha a modalidade que você deseja, se: Faculdades; Pós-Graduação; Escolas; Cursos Técnicos; Idiomas; Preparatório para Concursos; Cursos Profissionalizantes; EJA – Educação para Jovens e Adultos ou Pré-Vestibular / ENEM;
  • Digite a cidade onde deseja fazer o curso;
  • Após visualizar as bolsas disponíveis e decidir qual é a melhor opção para você, clique em “Quero esta bolsa”;
  • Preencha o cadastro e avance para a pré-matrícula;
  • Após a pré-matrícula, vá à instituição escolhida para finalizar o cadastro;
  • Pronto! Vaga garantida e sonho realizado.

 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Educa Mais BrasileducaçãoEnsino SuperiorgraduaçãoPrograma Universidade para TodosprouniProuni 2019Prouni 2020