Com interino, Botafogo encerra jejum e derruba série invicta do Goiás

Enquanto aguarda o técnico Alberto Valentim, que deve deixar o Avaí, o Botafogo venceu o Goiás na noite desta quarta-feira e acabou ao mesmo tempo com duas séries distintas de jogos. Ao vencer o rival por 3 a 1, no Engenhão, o time carioca encerrou o jejum de quatro derrotas consecutivas e também finalizou a série de quatro vitórias seguidas do time goiano, que estava 100% neste segundo turno do Brasileirão.

No duelo válido pela 24ª rodada do campeonato, Gabriel, João Paulo e Léo Valência fizeram os gols alvinegros, enquanto Marcelo Benevenuto (contra) anotou para os alviverdes.

O resultado deixou o Botafogo mais longe da zona de rebaixamento e mais perto da zona intermediária, agora com 30 pontos. Um pouco acima, o Goiás segue com 33 pontos.

Botafogo e Goiás bem que tentaram no primeiro tempo, mas a primeira grande chance surgiu só aos 30 minutos com Gustavo Bochecha. Ele mandou uma bomba, mas Tadeu fez grande defesa. No minuto seguinte, porém, Marcelo Benevenuto desviou escanteio batido por João Paulo e Gabriel completou para o fundo das redes goianas.

Seis minutos depois, os donos da casa quase ampliaram. João Paulo bateu falta na área e Fernando acertou o travessão. Cícero, aos 41 minutos, chegou a estufar as redes, mas o árbitro anulou o gol com o auxílio do VAR.

No segundo tempo, o Goiás chegou a empatar aos 11 minutos com Michael, mas o árbitro Rodrigo D’Alonso Ferreira, após 5 minutos de consulta no VAR, anulou o gol alegando mão de Marlone no início da jogada. O Botafogo respirou aliviado e ainda ampliou aos 19 minutos. João Paulo aproveitou rebote de Tadeu e fez de cabeça o segundo botafoguense.

O Goiás conseguiu diminuir aos 31 minutos. Michael finalizou, Diego Cavalieri espalmou e a bola bateu em Marcelo Benevenuto, que fez contra. Os visitantes, porém, não tiveram nem tempo de comemorar. Aos 35 minutos, Léo Valência deu números finais ao fazer 3 a 1 para o Botafogo.

O Botafogo voltará a campo no sábado, às 21 horas, quando enfrentará o atual campeão Palmeiras no estádio do Pacaembu, em São Paulo, pela 25ª rodada. No mesmo dia, mas às 17 horas, o Goiás receberá o CSA no estádio Serra Dourada, em Goiânia.

 

FICHA TÉCNICA:

 

BOTAFOGO 3 x 1 GOIÁS

 

BOTAFOGO – Diego Cavalieri; Fernando, Marcelo Benevenuto, Gabriel e Yuri (Lucas Barros); Cícero (Alan Santos), Gustavo Bochecha, João Paulo e Diego Souza; Rodrigo Pimpão e Luiz Fernando (Léo Valência). Técnico: Bruno Lazaroni (interino).

 

GOIÁS – Tadeu; Yago Rocha (Marlone), Fábio Sanches, Rafael Vaz e Jefferson; Gilberto (Rafinha), Yago Felipe e Léo Sena e Michael; Rafael Moura e Leandro Barcia (Kaio). Técnico: Ney Franco.

 

GOLS – Gabriel, aos 31 minutos do primeiro tempo; João Paulo, aos 19 minutos, Marcelo Benevenuto (contra), aos 31 minutos, e Léo Valência, aos 35 minutos do segundo tempo.

 

ÁRBITRO – Rodrigo D’Alonso Ferreira (SC).

 

CARTÕES AMARELOS – Cícero, Marcelo Benevenuto, Diego Souza (Botafogo); Michael, Léo Sena, Rafael Moura (Goiás).

 

RENDA – R$ 82.308,00.

 

PÚBLICO – 4.898 pagantes (5.574 no total).

 

LOCAL – Estádio Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ).

botafogo