Com gol duvidoso, Grêmio evita derrota no fim para o Cascavel

O empate gremista veio em um lance polêmico de impedimento

Depois de apenas empatar com o Novo Hamburgo, o Grêmio mais uma vez não convenceu, em seu último amistoso antes da estreia no Campeonato Gaúcho. Jogando no Estádio Olímpico Regional, o Grêmio apenas empatou em 1 a 1 com o Cascavel.

Saiu perdendo, com gol de Marquinhos, e só chegou ao empate no segundo tempo, já com um time basicamente reserva, e por meio de um gol polêmico de Lucas Coelho, que estava em posição de impedimento na hora da conclusão.

Lento, o Grêmio teve grandes dificuldades de criação no primeiro tempo. Chegou pouco, e sofria com os contragolpes. Num deles, o Cascavel abriu o placar. Na etapa final, mesmo sem jogar bem, o Grêmio pressionou. Criou chances para empatar, mas só chegou ao 1 a 1 aos 37 minutos, em lance que revoltou os jogadores do Cascavel.

O Tricolor agora passará a semana se preparando para a estreia no Campeonato Gaúcho. O jogo contra o União Frederiquense será no próximo sábado, na Arena. O Cascavel também abrirá sua participação no estadual no final de semana. Domingo que vem, a equipe receberá o Atlético-PR.

O jogo

Difícil dizer que o Grêmio jogou fora de casa neste domingo. Afinal, a torcida tricolor lotou o Olímpico Regional. De forte colônia gaúcha, Cascavel recebeu o time de Luiz Felipe Scolari com muita festa. Há 30 anos o time de Porto Alegre não atuava na cidade do oeste paranaense.

A primeira boa chegada foi do Cascavel. Aos quatro minutos, Dewide puxou contra-ataque, driblou Marcelo Oliveira e, já na área, bateu para boa defesa de Marcelo Grohe. O Grêmio respondeu em um cruzamento perfeito de Matías Rodríguez, que achou Marcelo Moreno na área. O boliviano cabeceou na trave do goleiro Vinícius.

Apesar do começo movimentado, o jogo se arrastou durante o primeiro tempo, com poucos lances de perigo. Com a forte chuva que começou a cair a partir dos 20 minutos, tal situação se agravou. Aos 35, Marcelo Moreno recebeu na área e foi travado na hora de concluir. Dois minutos mais tarde, o boliviano escorou para Matías chutar. A bola desviou na zaga e saiu com grande perigo. Aos 39, o argentino falhou: foi driblado por Marquinhos, que chutou no ângulo de Marcelo Grohe e abriu o placar.

Para o segundo tempo, Felipão voltou com Galhardo, Araújo e Everaldo nos lugares de Matías Rodríguez, Marcelo Hermes e Marcelo Moreno. Mas a primeira chance foi paranaense: logo aos três minutos, Jorge Preá se antecipou à zaga e concluiu para fora.

O Grêmio, porém, pressionou nos minutos seguintes. Na melhor chance, Marcelo Oliveira chutou em cima da zaga. Aos 18, o goleiro Vinícius dividiu com Everaldo e impediu que o atacante gremista empatasse pelo alto. A seguir, Araújo recebeu na frente e chutou raspando a trave.

O empate gremista veio em um lance polêmico. Lucas Coelho, em impedimento, desviou um rebote: 1 a 1, aos 37 minutos. Paulinho quase virou o placar aos 40, chutando para fora. No fim, Marcelo Grohe fez uma boa defesa e garantiu o empate.