Promotor vistoria presídio para ver situação de detentos com coronavírus

Titular da 1ª Promotoria de Justiça de Cassilândia também discutiu atendimento com secretário de Saúde e diretor de presídio

O titular da 1ª Promotoria de Justiça de Cassilândia –a 435 km de Campo Grande–, Pedro de Oliveira Magalhães, esteve nesta sexta-feira (22) no Estabelecimento Penal do município a fim de averiguar a situação de internos que testaram positivo para o novo coronavírus (Covid-19). A população carcerária chegou a ser colocada entre os grupos prioritários para vacinação, o que depende da disponibilidade das vacinas.

Durante a vistoria, o representante do MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) conversou com internos e constatou que os positivados para Covid-19 foram isolados e são acompanhados por enfermeira da prefeitura. Quatro detentos que aparentavam estar mais debilitados foram escoltados pela Polícia Militar em ambulância do município para passarem por exames.

Também nesta sexta, o promotor se reuniu com o defensor público Stefan Ramalho de Sena Rosa, por videoconferência, com o secretário municipal de Saúde, José Lourenço Braga Líria Marin, e o diretor do presídio, José Carlos Marques. No encontro, Marin se comprometeu a manter a enfermeira para atendimento aos presos com Covid-19 todos os dias e para o atendimento médico nos dias úteis.

Desta forma, MPMS e Defensoria descartam, no momento, adotarem medidas jurídicas sobre o caso, mas continuarão a acompanhar o caso.

CoronavírusMPMS