Com kits merenda, prefeitura inicia entrega de material escolar nesta terça

A prefeitura de Campo Grande iniciou, nesta terça-feira (02), a distribuição de mais uma etapa de entrega dos kits merenda. Junto com os alimentos direcionados às famílias em situação de vulnerabilidade social, começa a ser feita a entrega de materiais escolares. Os kits são destinados à manutenção das atividades mesmo no período de aulas em […]

Danúbia Burema Publicado em 02/03/2021, às 08h51

Kits distribuídos a famílias em vulnerabilidade. (Foto: Divulgação) - Kits distribuídos a famílias em vulnerabilidade. (Foto: Divulgação)
Mais de 105 mil kits de materiais serão entregues

A prefeitura de Campo Grande iniciou, nesta terça-feira (02), a distribuição de mais uma etapa de entrega dos kits merenda. Junto com os alimentos direcionados às famílias em situação de vulnerabilidade social, começa a ser feita a entrega de materiais escolares.

Os kits são destinados à manutenção das atividades mesmo no período de aulas em casa. A distribuição será aos estudantes da Reme (Rede Municipal de Ensino) matriculados do grupo 4 até o 9º ano do ensino fundamental.

“Temos este compromisso e preocupação com nossos alunos, durante o período de aulas remotas, de manter a distribuição do kit merenda e garantir a alimentação deles em casa. E agora, ainda mais, de entregar os kits de materiais escolares para que eles continuem a desenvolver suas atividades, e estudando. Buscamos garantir que nossas crianças fiquem seguras, já que a pandemia persiste, e tenham a assistência que precisam”, afirmou a secretária Municipal de Educação, Elza Fernandes.

Merenda em casa

A entrega dos kits merenda é feita desde o ano passado, como forma de minimizar os impactos da pandemia. Desde o início deste ano as equipes da Suale (Superintendência de Alimentação Escolar) trabalham para separar os 33 mil kits que serão entregues.

A retirada dos alimentos é feita pelas famílias beneficiárias em uma das 104 Emeis (Escolas de Educação Infantil) e 98 escolas de ensino fundamental. Cada pai busca o alimento na escola onde o filho está matriculado.

No cadastro, constam famílias inscritas no programa Bolsa Família, do FNDE (Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação).

Cada kit contém 5 kg de arroz, 1 kg de feijão, meio quilo de macarrão, 1kg de leite em pó, 400 gramas de biscoito e 340 gramas de extrato de tomate. Há também opção de kit para estudantes com intolerância à lactose, contendo biscoito sem glúten, biscoito sequilho, leite de soja, leite com fórmula hidrolisada, leite sem lactose.

Em 2020, foram distribuídos mais de 110 mil kits em quatro etapas.

Material escolar

Mais de 105 mil kits devem ser entregues aos alunos de 4 anos até o ensino fundamental. O material inclui lápis, tesoura, cola, lápis de cor, giz de cera, massinha de modelar, agenda, cadernos diversos, régua, cola colorida, apontador, borracha, tinta guache, com variações de acordo com o ano escolar.
“Esta entrega, já no início do ano letivo, demonstra a preocupação e compromisso da administração municipal em garantir que as crianças tenham meios de realizar suas atividades em casa, com toda a segurança e conforto”, afirma o superintendente de Gestão Administrativa, Financeira e de Convênios da Semed, Walter Pereira.
A retirada também será nas escolas, mediante agendamento. 
Prefeitura de Campo Grande soja Semed Material Escolar REME Bolsa Família PIS feijão Ensino Fundamental Educação Infantil FNDE Pandemia