Alunos da rede estadual de MS devem receber kit merenda durante aulas remotas

Assim, a SED (Secretaria de Estado de Educação), afirma que durante o período retomo serão entregues kits de alimentação escolar. 

Dândara Genelhú Publicado em 05/03/2021, às 16h43

De acordo com a SED, quando aulas forem híbridas, a merenda será oferecida na escola. (Foto: Divulgação, Governo de MS) - De acordo com a SED, quando aulas forem híbridas, a merenda será oferecida na escola. (Foto: Divulgação, Governo de MS)
Pais devem seguir as mesmas recomendações da SED de 2020 para retirada dos kits alimentação

Com o início do ano letivo de 2021, responsáveis por alunos da rede estadual de Mato Grosso do Sul se preocupam com a alimentação dos estudantes. Assim, a SED (Secretaria de Estado de Educação), afirma que durante o período remoto serão entregues kits de alimentação escolar.

Ou seja, em março, quando está previsto o ensino à distância, os estudantes receberão o já conhecido kit merenda. Ao Jornal Midiamax, a Secretaria informou que a distribuição será realizada por cada unidade. Serão seguidas “as mesmas orientações passadas durante o ano de 2020”.

Assim, a SED disse que o repasse dos itens será feito de forma periódica. Em 2020, os pais e responsáveis deviam entrar em contato com a unidade que o aluno estuda e marcar data e horário para retirada dos alimentos. Com isso, é possível evitar aglomerações e a disseminação do coronavírus.

Em 2020, a estimativa da SED era de que 210 mil estudantes fossem beneficiados com o kit alimentação. A alternativa foi tomada após a suspensão das aulas, no começo da pandemia. Os produtos divididos entre os kits são do Pnae (Programa Nacional de Alimentação Escolar).

Sobre o período de ensino híbrido, que deve começar em abril nas escolas estudais de MS, a Secretaria disse que irá repassar as informações posteriormente. Quando as aulas migrarem para a forma híbrida, os estudantes serão divididos em grupos e revezaram entre as aulas presenciais. Por fim, a SED adiantou que quando houverem aulas de forma presencial, a merenda será oferecida na unidade escolar.

Mato Grosso do Sul Coronavírus Pandemia