Três meses após suspensão, consultas com especialistas são retomadas em Campo Grande

Pacientes que tinham consultas agendadas estão sendo chamados para atendimento

Depois de serem adiadas em virtude da pandemia de coronavírus, as consultas com médicos especialistas são retomadas nas unidades de saúde em Campo Grande. As consultas agendadas tinham sido adiadas devido a um decreto que suspendeu os atendimentos eletivos há pouco mais de três meses.

A volta dos atendimentos eletivos assegura assistência a pacientes, principalmente os cardiopatas, que fazem parte do grupo de risco para coronavírus. Além disso, a manutenção do acompanhamento regular dos pacientes pode ser decisivo no monitoramento de complicações que podem ser fatais, como uma crise de pressão alta, uma isquemia cerebral e até o infarto agudo do miocárdio.

A CRAE (Coordenadoria da Rede de Atenção Especializada) ressalta que num primeiro momento serão atendidos pacientes em tratamento residentes no município de Campo Grande. Eles estão sendo contatados por telefone e comunicados sobre a data e horário da consulta. Os atendimentos ocorrem durante a manhã, tarde e noite de segunda a sexta-feira, no CEM (Centro de Especialidades Médicas).

A orientação é para que os pacientes, exceto crianças e idosos, se atentem ao horário agendado e evitem comparecer à consulta acompanhados para evitar exposição desnecessária e eventual aglomeração, considerando que o acesso ao interior da unidade está limitado a 60% da capacidade de ocupação.

Atendimentos mantidos

Apesar da paralisação parcial, as unidades da Rede de Atenção Especializada mantiveram vários atendimentos e serviços considerados essenciais desde o início da pandemia, entre eles a entrega de insumos para pacientes diabéticos, troca e realização de curativos, dispensação de medicamentos na farmácia especializada, além de consulta com reumatologista, raio-x e atendimento de urgência ortopédica, consulta a gestantes de alto risco, punção de mama, planejamento familiar, processo final da laqueadura, entre outros.

No Centro de Apoio e Diagnóstico Municipal (Cadim), por exemplo, continuaram sendo realizados exames de eletroencefalograma, ecocardiograma, teste ergométrico, eletrocardiograma, ultrassonografia doppler e ultrassonografia.

O documento com a relação completa dos serviços que estão em funcionamento pode ser conferida baixado clicando aqui.  A Sesau reitera que os atendimentos estão sendo feitos somente mediante agendamento.

AglomeraçãoCoronavíruscot1Farmáciagrupo de riscoMinistério da SaúdeOcupaçãoPandemiaPrefeitura de Campo GrandeSaúde PúblicaSesau